A magia das Missões

Programe seu
Roteiro

CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
CAMINHADA SEMANA FARROUPILHA 2015;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Trilha da Lua Cheia Fev./2016;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Maio 2008;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2009;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;
Março 2008;

Roteiros

O gaúcho

O gaúcho é o tipo característico da campanha. É o nome que se dá ao homem do campo na região dos pampas e, por extensão, aos nascidos no Rio Grande do Sul. O termo gaúcho passou a se generalizar a partir de 1800. Até então, os nascidos no nosso Estado eram chamados continentinos ou rio-grandenses.

O gaúcho surgiu da miscigenação entre o índio, o espanhol e o português, que viviam livres cuidando do gado no pampa gaúcho.
Por estar ligado ao campo, tornou-se hábil cavaleiro, manejador do laço e da boleadeira. O gaúcho era livre, sem patrão e sem lei. Antigamente, os gaúchos não eram bem vistos, pois Inúmeros defeitos lhes eram apontados, tais como: ladrões, homens irresponsáveis, malandros, perturbadores da paz.
Em 1820, o francês Augusto Saint-Hilaire assim descreveu o gaúcho: "homem que vivia da carne, morava em ranchos, andava a cavalo e com os hábitos do chimarrão e do fumo. Os gaúchos eram homens de maus costumes, que viviam andando pelas fronteiras. Eram ainda os gaudérios, que andavam sós, sem chefes, sem leis, sem polícia, com idéias vulgares, gostavam de dinheiro para jogar corridas de cancha reta".
Com o estabelecimento das fazendas de gado e com a modificação da estrutura de trabalho, o gaúcho perdeu seus hábitos nômades. Integrado à sociedade rural como trabalhador especializado, passou a ser o peão das estâncias. O reconhecimento de sua habilidade de campeiro e de sua bravura na guerra fez com que o termo "gaúcho" perdesse a conotação pejorativa.
Depois da Revolução Farroupilha, o gaúcho passou a ser considerado homem digno, bravo, destemido e patriota.
O gaúcho é definido pela literatura gaúcho, como um indivíduo machista, altivo, irreverente, guerreiro, legítimo, é o "centauro dos pampas. Entre nós, gaúcho é aquele que vive do trabalho pastoril, nas lides com gado.
O gaúcho de hoje é fruto da contribuição do índio, do negro, do português, do espanhol, do alemão, do italiano e tantos outros povos, que para cá vieram construir o Rio Grande com uma vida melhor. Por isso, aos poucos o termo gaúcho passou a identificar os filhos do Rio Grande do Sul. O adjetivo se estende ao que é referente a esses homens da vida pastoril, como vida gaúcha, dança gaúcha.
O povo gaúcho valoriza muito suas tradições, exalta a coragem e a bravura de seus antepassados, canta seu apego à terra, seu amor à liberdade, motivando assim o surgimento de uma literatura gauchesca.
O alimento predileto do gaúcho é o churrasco e o arroz-de-carreteiro. O chimarrão é a bebida preferida, chegando a ser o símbolo da hospitalidade e da amizade. Quando o gaúcho se veste com seus trajes típicos, diz-se que ele está pilchado.
Os gaúchos costumam reunir-se nos Centros de Tradições Gaúchas para cultuar, difundir e propagar a cultura gaúcha, entre as gerações.